Assim como taxistas estão atacando o Uber ou fabricantes de velas estão tentando bloquear a luz solar, outro banco tomou uma posição contra o bitcoin. A BMO aparentemente está tentando proteger seus clientes de si mesmos, tirando a liberdade de decidir o que fazer com seu próprio dinheiro, ao usar a criptomoeda.

Banco de Montreal bloqueia transações de clientes relacionadas às criptomoedas

O Banco de Montreal (TSX: BMO), a principal empresa bancária multinacional canadense que opera como BMO Financial Group, implementou a proibição de seus clientes participarem de transações de criptomoeda. Um usuário do Reddit que afirma estar trabalhando para o banco compartilhou um documento interno (Boletim Ops # 632, de 28 de março de 2018) que seria enviado por e-mail em toda a empresa anunciando as medidas restritivas.

De acordo com o documento, intitulado “Bloqueio de Transações de Criptomoeda para Cartões de Crédito BMO, Cartões de Débito e Pagamento Online”, a proibição entrará em vigor imediatamente. Ele explica que o BMO estará bloqueando transações com negociantes de criptomoedas. Não está claro no texto se o banco tinha qualquer intenção de informar seus clientes sobre o motivo pelo qual suas transações seriam bloqueadas, pois apenas menciona que quando os clientes tentam concluir qualquer transação de criptomoeda, eles receberão uma mensagem simples avisando que “Transação não pode ser concluída.”

A guerra Bancos x Bitcoin deve continuar

A BMO não é a única corporação financeira do mundo tentando recentemente bloquear seus clientes de acessar o mercado de bitcoin, é claro. Logo ao sul da fronteira, o Bank of America parou de aceitar transações com cartões de crédito de exchanges de criptomoedas no mês passado.

Fonte: Bitcoin.com

Posts relacionados

loading…




Fonte: Guia do Bitcoin

Comentários