O Banco do Povo da (PBoC, na sigla em inglês) pretende recrutar especialistas em e para continuar desenvolvendo a moeda digital do .

De acordo com vários anúncios de emprego publicados nesta terça-feira, o Banco Central está contratando engenheiros com experiência em arquitetura de sistemas, design de chips, desenvolvedores, entre outros profissionais que possam contribuir na aplicação blockchain.

Baseado nas descrições dos cargos, os engenheiros serão responsáveis pelo desenvolvimento de um software de moeda digital integrado com o sistema fiat de forma segura.

O Banco Central busca aumentar a sua mão de obra para o estudo das implicações legais e econômicas do lançamento de um modelo de moeda digital (CBDC). Por isso, o laboratório do PBoC também tem o objetivo de recrutar especialistas em finanças e economia para se concentrarem na análise da teoria econômica e no desenvolvimento de um mecanismo monetário para a emissão de um CBDC, bem como em quaisquer potenciais riscos regulatórios.

A instituição não revelou o tamanho atual de sua equipe de pesquisa em moeda digital, lançada em julho do ano passado. No entanto, a busca por novos profissionais sinaliza que o banco está dobrando seus esforços para desenvolver e implantar uma baseada no dinheiro local, o .

A campanha de recrutamento do laboratório de moeda digital arquivou mais de 40 pedidos de patentes durante 12 meses desde o seu estabelecimento. Os relatórios ajudam a entender como o PBoC está se aproximando de sua meta.

Cada uma dessas aplicações se concentra em um determinado aspecto de um sistema monetário digital. Quando vistos em conjunto, eles descrevem uma tecnologia que emite um token digital e pode ser armazenada e transacionada de maneira P2P.

Guia do Bitcoin

Fonte: Guia do Bitcoin

Comentários